Neuropsicologia

Ana Paula Martins Lima


Neuropsicologa (Adulto e Infantil)

Psicóloga (CRP: 06/ 82101), pós-graduanda em Neurospicologia Clínica pelo Instituto de Neuropsicologia Lev Vygotsky, possui formação em Clínica Reichiana e Clínica Institucional ambas pelo Instituto Sedes Sapientiae. Atua há dez anos como psicoterapeuta em Alphaville e região. Realiza avaliação neuropsicológica em crianças e adultos com objetivo de auxiliar o diagnóstico e tratamento médico, por meio de mapeamento das funções mentais, identificação dos distúrbios de aprendizagem, comportamento e declínio cognitivo.

Baterias cognitivas – criança, adulto e idoso

Identificação de distúrbios de aprendizgem

Teste de Inteligência

Provas de Memória no paciente com Mal de Alzheimer

Testes Cognitivos em Adultos e Crianças

Atenção pscológica a criança e adolescene com dificuldade de aprendizado

Atenção neuropsicológica a pessoa com Deficiência Intelectual

No que consiste a avaliação neuropsicológica?

A avaliação neuropsicológica é um exame complementar, geralmente solicitado pelo médico ou pela escola, cuja função é investigar a presença ou não de alterações cognitivas e/ou comportamentais advindas de possíveis prejuízos neurológicos, neuropsiquiátricos ou psicológicos.

A idéia é enxergar de uma forma aprofundada o funcionamento da cognição e do intelecto da pessoa, identificando possíveis falhas quando presentes.

Quais aspectos são investigados nesta avaliação?

Durante o processo de avaliação neuropsicológica, o profissional avalia como as funções mentais foram desenvolvidas ao longo da história de vida do paciente.

Além disso, são investigadas a performance atual dos diversos aspectos da cognição como: orientação espacial e temporal, consciência, atenção, memória, percepção do ambiente, linguagem, raciocínio, capacidade de resolução de problemas, julgamento, habilidades acadêmicas, entre outros. Da avaliação, também é possível estimar o QI da pessoa.

O exame é realizado por profissional especializado em neuropsicologia. O tempo estimado para conclusão da avaliação são em média de cinco a dez sessões, dependendo da complexidade de cada caso. Nas sessões são aplicados testes psicométricos modernos, padronizados à população brasileira e regulamentados pelo Conselho Federal de Psicologia.

Quem pode ser beneficiar?

As Crianças, adolescentes adultos e idosos que apresentam queixas cognitivas diversas, como por exemplo:

  • Pacientes com suspeitas de distúrbios atencionais ou esquecimento;
  • Pacientes que sofreram acidente vascular cerebral;
  • Pacientes epiléticos;
  • Pacientes que sofreram traumatismo crânio encefálico;
  • Pacientes que querem saber se as modificações advindas do envelhecimento encontram-se dentro do esperado à sua faixa etária;
  • Crianças em fase de aprendizagem com suspeita de transtornos de aprendizagem diversos como TDAH, dislexia, discalculia, entre outros;
  • Suspeita de transtornos do espectro do Autismo;
  • Suspeita de deficiência intelectual;
  • Pacientes com alterações emocionais, quadros depressivos, ansiedade e fobias, em geral;
  • Pacientes com desempenho acadêmico elevado.

Quais são as vantagens?

As vantagens da avaliação neuropsicológica são delinear o perfil cognitivo do paciente, acompanhar de forma precisa as alterações instaladas, e planejar intervenções adequadas ao perfil de cada paciente. A avaliação auxilia ao médico fechar o diagnóstico de algumas patologias e auxilia no seguimento clínico de muitas outras (evolução das doenças com o passar do tempo)

Através da constatação de possíveis prejuízos pode-se estabelecer um programa de reabilitação das funções em defasagem ou estabelecer com o paciente a família possíveis estratégias de compensação e adequação do ambiente frente às dificuldades do paciente.


Venha nos visitar

Alameda Grajaú, 98 - Alphaville/SP - Edifício PRAVDA - 11º Andar - Sala 1101

  (11) 3063-5719

 

neurologiaepsiquiatria@gmail.com